RECICLAGEM
Prefeitura instala ecopontos para incentivar a coleta seletiva solidária em Porto Velho

19/Fev/2024 - 13:00

Iniciativa visa aumentar o índice de reciclagem na capital, e fomenta a economia socioprodutiva dos catadores e catadoras de materiais recicláveis

Ecopontos estão sendo instalados em diversas zonas da cidadeCom o objetivo de incentivar o descarte correto de resíduos e promover a reciclagem, a Prefeitura de Porto Velho, por meio da Secretaria Municipal de Saneamento e Serviços Básicos (Semusb), adotou a coleta seletiva solidária no município, um projeto que estabelece a separação dos resíduos recicláveis e a destinação às cooperativas de catadores de materiais recicláveis.

A iniciativa faz parte do programa do Plano Municipal de Saneamento Básico e, além de aumentar o índice de reciclagem na capital, fomenta a economia socioprodutiva dos catadores e catadoras de materiais recicláveis, em cumprimento à Lei 12.305 de 2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS).

Para que a população faça a adesão ao projeto e colabore com o descarte, ecopontos estão sendo instalados em diversas zonas da cidade, especialmente em locais onde há grande concentração de condomínios residenciais. Segundo Ítalo Rodrigues, secretário adjunto da Semusb, cinco foram inaugurados até o momento, e outros cinco devem ser inseridos até o final deste mês. Confira abaixo a lista com os endereços.

“Esses ecopontos estão sendo colocados em lugares estratégicos, inicialmente com um foco em concentração onde tem muitos condomínios, áreas de condomínios residenciais urbanos. Uma vez que o intuito do projeto da coleta seletiva solidária, juntamente com esses ecopontos, é arrecadar a maior quantidade possível de materiais recicláveis e ofertar para a população do município uma possibilidade de ter essa cultura, essa prática mais sustentável, essa prática de descarte correto dos materiais”, explicou o secretário adjunto.

Ítalo Rodrigues explica que ecopontos estão sendo colocados em lugares estratégicosAtualmente, a Semusb trabalha com espaço para a coleta de plásticos e metais, a secretaria também envia materiais de papelão e papéis para as cooperativas e associações cadastradas na coleta seletiva solidária. Futuramente, segundo o adjunto, a expectativa é garantir a finalidade correta para o vidro. “Hoje o vidro é um material muito prejudicial ao meio ambiente e é uma das grandes barreiras que todos os municípios no Brasil vêm enfrentando. E nós estamos em busca de solucionar esse problema aqui no município também”.

Para incentivar a adesão do projeto em Porto Velho, a Semusb tem realizado reuniões com síndicos de condomínio e investido na educação ambiental. “Nós acreditamos muito na educação ambiental, e estamos colocando à disposição da população uma possibilidade de adequação às normas nacionais e municipais também. Agora nós vamos intensificar o trabalho de educação ambiental, buscar parcerias fora do município, até mesmo com o novo modelo de política pública, trazendo agentes sociais para integrar juntamente com o município essas boas práticas”, finalizou.

Ecopontos disponíveis em Porto Velho:

Praça CEU - rua Antônio Fraga Moreira, 1770, Bairro JK;
Espaço Alternativo - avenida Governador Jorge Teixeira;
EMEI Professora Ronilza Cordeiro Afonso Dias - rua João Paulo I, bairro Novo Horizonte;
Praça do Cohab - rua Carqueja, 2716, bairro Cohab;
Centro de Arte e Cultura Escolar Francisco Lázaro dos Santos (LAIO ) - rua Pau Ferro com rua Anari, bairro Castanheira.

Texto: Taís Botelho
Foto: Felipe Ribeiro

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Compartilhe nas redes:
Twitter Whatsapp

Utilizamos cookies em acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
2024 © Prefeitura de Porto Velho - RO - SMTI